MarchaMundialdasMulleresnaGaliza

Cambiar o mundo para cambiar a vida das mulleres, cambiar a vida das mulleres para cambiar o mundo

Palestra 'Coeducaçom afectivo-emocional e sexual' por Lola Ferreiro PDF Imprimir Correo-e
Escrito por Marcha Mundial das Mulleres na Galiza   
Domingo, 26 Abril 2009 20:11

Na passada sexta-feira, 24 de Abril, tivo lugar a palestra ‘Coeducaçom afectivo-emocional e sexual da perspectiva de género’ a cargo de Lola Ferreiro. Mulheres da nossa cidade partilhámos informaçom, inquietudes e estratégias de acçom socio-política em defesa dos direitos sexuais e reprodutivos na nossa sociedade. Falámos da primeira lei de aborto na Catalunha em 1937, em que a mulher era atendida depois de 8 dias da primeira consulta, nas dispensarias (antigos centros de atençom primária) e onde a objecçom de consciência no pessoal médico estava regulada, garantindo assim a atençom sanitária da mulher na sanidade pública. Nessa altura nom era permitido e mesmo se penalizava a prática de abortos em consultas privadas.

A sexualidade é algo com o qual nascemos e a sua aceitaçom e normalizaçom na nossa vida desde crianças é fundamental para desenvolver umha vida sexual e emocional livre e satisfatória, e portanto a inclusom no currículo escolar da educaçom afectivo-emocional e sexual tem de ser umha demanda chave dentro de qualquer lei de aborto.

Com respeito às infra-estruturas sanitárias concordou-se que som insuficientes e inadequadas para as necessidades das mulheres, e em muitos casos as disposições legais de atençom específica para a mulher, que deveria estar normalizada nos centros de saúde, nom estam sendo cobertas.

Para o bom funcionamento dum sistema educativo e sanitário que garanta ‘o direito da mulher a decidir livre e responsavelmente o número de filhas e filhos, e o espaço de tempo entre os nascimentos’ assim como ‘adoptar as suas decisões em matéria de reproduçom sem sofrer discriminaçom, coacções nem violência’, tal e como foi disposto na Conferência do Cairo em 1994, é imprescindível que se ponham os meios educativos e sanitários adequados incluindo infra-estruturas e umha formaçom qualitativa do pessoal educativo e sanitário da perspectiva de género e com assessoramento continuado.

Conclui-se sobre a necessidade de trabalharmos todas as mulheres juntas: propiciar um diálogo entre todas as feministas do país e criar e fortalecer laços de comunicação e entendimento com a sociedade em geral com o fim de exercer pressom social e influir nas políticas da Galiza e do Estado.

As mulheres queremos umha lei de aborto que reconheça o nosso direito a tomar decisões livres e responsáveis e que garanta a saúde sexual e reprodutiva de todas as mulheres sem discriminaçom geográfica e na Sanidade Pública.

Última actualizaciónfeita en Domingo, 26 Abril 2009 20:18
 

Participa!

unete.png

Opinión - Debate

A Viñeta

A MMM en Twitter

Perfil no Facebook de Marcha Mundial Mulleres Galiza

Enlaces Web











Banner Apoio:



Coloca un na túa páxina web !

Campañas:

cartazrumboagaza.jpg

4accion.png

fotocool_web.png

pgda.jpg

Cartel
Cartel

Publicacións:

tribunal_acusacion.jpg marchabrazil.jpg novasfeministas.jpglibroaiiiaccioninternacional.png portada_aborto.jpg24maio.png

Descargas:

Organizacións que integran a MMM:

NACIONAL
ADEGA [ir]
Andaina, Revista Galega de Pensamento Feminista [ir]
Anova [ir]
BNG - Comisión de Mulleres [ir]
Cerna [ir]
CC.OO - Secretaría da Muller [ir]
Esquerda Unida - Área da Muller [ir]
Forum Galego de Política Feminista [ir]
Galiza Nova - Asemblea de Mulleres [ir]
MÁMOA, Asociación Galega Pro Lactancia Materna
Mulleres Cristiás Galegas
Sindicato Labrego Galego - Secretaría das Mulleres [ir]
STEG - Asemblea de Mulleres [ir]
Xuventude Comunista [ir]
VIGO
AREA LOURA – Mulleres do Val Miñor
Asociación multicultural de mulleres [ir]
Colectivo Violeta
Dorna
Federación Veciñal Eduardo Chao - Vocalía da Muller [ir]
FIGA (Feministas independentes Galegas) [ir]
Mulleres Progresistas de Vigo [ir]
Nós Mesmas [ir]
Rede de Mulleres Veciñais Contra os Malos Tratos [ir]
FERROL
Fuco Buxán [ir]
Lefre de Caldereta [ir]
USTG - Departamento da Muller [ir]
PONTEVEDRA
Asemblea de Mulleres de Pontevedra
COMPOSTELA
LIBERANZA, Asociación de Promoción da Muller
COSTA DA MORTE
Buserana
A MARIÑA
Observatorio da Mariña pola igualdade [ir]

Organizacións que colaboran coa MMM:

Mulleres Nacionalistas Galegas [ir]

Usa software libre

Cartel

Quen está en liña?

Temos 85 convidados en liña